Histórico


Categorias
Todas as mensagens
 Citação


Outros sites
 Archangelus
 Arte e Vida
 Kall
 Kallzinha movies
 Lua Negra
 Nane
 Néco
 Ontem e Hoje
 Pras Cabeças
 Transmimentos de Pensações
 Vó Carmelita
 Yara
 Fotoblog


 
Believe in life


Nunca tenha receio de deixar que caiam as suas paredes internas, pois é só assim que a gente cresce e amadurece. Nada do que construímos é definitivo, nem mesmo a nossa personalidade. Tudo está o tempo todo se transformando, tudo é impermanente. Não se apegue a nada em demasia para que a transição para algo diferente não seja tão dolorosa.

O progresso e a evolução só se dão na medida em que mudamos interiormente. E quanto mais nos recusamos a mudar, mais sofrido é o aprendizado e o progresso. Na verdade, nunca paramos de crescer espiritualmente. Só que, na maioria das vezes, fazemos isso de forma inconsciente. Quando, no entanto, tornamo-nos mais conscientes desse processo, é que percebemos o quanto poderíamos ter evitado dos sofrimentos e dissabores anteriormente vividos.

Busque crescer sem se apegar demais ao que já construiu ou ao que já aprendeu. Permita-se conhecer o novo, o diferente, o inusitado. Permita-se conhecer-se de um novo ponto de vista. Permita-se reconhecer que quer mudar e que o que conquistou até aqui já não lhe basta. Com isso, você irá descobrindo novos aspectos a respeito dos outros, da vida e de si mesmo. E isso lhe dará imenso prazer, pode acreditar, pois lhe dará novas perpectivas, novas possibilidades e novos cenários.

Mais cedo ou mais tarde, todos descobrimos, em nós mesmos, características que nos desagradam. É natural. Cabe a nós mudarmos isso, sem nos sentirmos culpados ou inferiores, por este ou aquele aspecto que nos desagrada. Tudo o que somos é parte de nós, do nosso aprendizado, e precisa estar exatamente onde está para que possamos transcendê-lo. Somente ao percebermos e aceitarmos as nossas sombras e tentarmos transformá-las, é que, de fato, começamos a superá-las.

Veja que eu disse transformá-las e não eliminá-las, porque elas são parte da nossa consciência e não podem ser retiradas, apenas mudadas, trabalhadas, superadas e transformadas em algo melhor.




Escrito por Ariana às 06h58
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]